Magneti Marelli Cofap aposta em exportação e projeta crescimento de 40% em 2016

hvor hurtigt virker amlodipin

blodtryksmedicin amlodipin click

domperidone arrow

domperidone eureka blog.globalmamas.org

naltrexone and naloxone difference

naltrexone naloxone treatment blog.analysisuk.com

benadryl and pregnancy dosage

benadryl pregnancy category read here

progesterone naturelle

progesterone injection click

prednisolon og alkohol

prednisolon kur xn--sorpendlerklub-sqb.dk

cialis trial coupon

new prescription coupons open

A Magneti Marelli Aftermarket, divisão de negócios focada no mercado de reposição de autopeças e segunda maior empresa do setor no Brasil, comemora bom desempenho no exterior. Com a situação do câmbio favorável, aempresa aumentou suas exportações em 70% em 2015 e projeta um crescimento adicional de 40% em 2016, frente ao ano anterior, o que equivale a mais do que dobrar o faturamento em dois anos.

A principal linha de produtos na exportação,com dois mil códigos disponíveis para diversas aplicações,é a de amortecedores Cofap, cuja qualidade e confiabilidade sãoreconhecidas nos mais de 40 países onde são comercializados. Outros componentes que completam a gama de exportação são injeção e ignição eletrônicas, radiadores, molas pneumáticas, entre outros.

Além de ofertas mais competitivas, um forte programa de desenvolvimento de produtos está em andamento para tornar o portfolio da empresa ainda mais atrativo. O objetivo da divisão Aftermarket é comercializar cerca de um milhão de amortecedores, que representam 70% do total de produtos exportados.

Atualmente, 90% das vendas externas têm como destino a América Latina, principalmente Argentina, Chile e México. Porém, diante da desvalorização do real, a Magneti Marelli Cofap Autopeçasfocalizará a recuperação de mercados importantes como América do Norte, Europa e Ásia.A intenção, segundo a sistemista, é retomar e ampliar as vendas para países que passaram a comprar de outros mercados quando a taxa de câmbio era menos favorável.




segunda-feira, 02 de maio de 2016