Homocinéticas Cofap em constante crescimento

buprenorphine naloxone and naltrexone

is naloxone and naltrexone the same gedave.ro

naltrexone online buy

naltrexone low dose click here

weed melatonin levels

melatonin and weed erowid blog.jrmissworld.com

imacillin pris

imacillin mikstur click here

A Magneti Marelli Cofap amplia sua participação no mercado de reposição de juntas homocinéticas, superando os 40% de market share.

Graças a uma política de lançamentos frequentes, preços competitivos e uma das maiores e melhores estruturas de promoção e marketing de serviços do setor de autopeças, além da maior e melhor rede de distribuição do Brasil, a linha de juntas homocinéticas Cofap vem experimentando um robusto crescimento nos últimos meses. O faturamento da linha cresceu 30% no primeiro semestre de 2014 em relação ao mesmo período do ano passado com uma média de vendas de 100.000 peças/mês.



Juntas fixas, juntas deslizantes, semi-eixos, trizetas e Kits de Reparo são os produtos que compõem a linha, uma das mais importantes do portfólio da empresa destinado ao mercado de reposição.

“Um rigoroso trabalho de homologação e desenvolvimento de produtos garante a qualidade de equipamento original, nível de preço bastante competitivo, cobertura de frota acima de 80% e um fluxo de entrega constante à rede distribuidora. Estes são pontos-chave para o sucesso da linha e para manter a já consolidada posição no aftermarket, com uma participação de mercado estimada em mais de 40%” completa Eliana Giannoccaro, diretora-presidente da empresa.

Quando devem ser substituídas?

As juntas homocinéticas têm uma vida útil elevada, porém deve-se ter o cuidado de sempre examinar o estado das coifas braçadeiras, pois, do bom estado de conservação das coifas e suas fixações, através das braçadeiras, depende a durabilidade do conjunto.

A durabilidade das juntas depende também da condição em que o veículo transita e sua utilização de acordo com o recomendado pelo fabricante. Portanto, o veículo deve estar sempre dentro das especificações recomendadas pelo fabricante e, ao menor sinal de problema com o sistema de transmissão, o veículo deve ser encaminhado a um profissional especializado.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014