Institucional >> Produtos >> Cofap >> Molas Pneumáticas
Institucional » Produtos » Cofap »

Molas Pneumáticas

Bieletas

O que é?

As molas pneumáticas são o principal elemento elástico da suspensão. Elas absorvem as vibrações, controla alturas e nivela as cargas automaticamente garantindo o alinhamento e o equilíbrio do chassi. As irregularidades de funcionamento da suspensão pneumática, são verificados principalmente pela altura de trabalho incorreta, comprovada com o veículo carregado ou vazio.

Como funciona?

A pressão de ar interna das molas pneumáticas (Foles), exerce uma força de direção axial capaz de empurrar, puxar ou suportar as cargas impostas. As cargas, que podem ser variadas, são compensadas pela pressão de ar dentro das molas pneumáticas (Foles) controlado por válvulas niveladoras mecânicas ou eletrônicas, que mantém a relação de altura do chassi ao solo.

Quando devem ser substituídas?

Sua troca é recomendada dos 500.000 a 800.000 km, pois geralmente, é quando começam a dar sinais de fadiga.
Quando as molas pneumáticas apresentarem sinais de desgaste irregular, trincas ao redor da borda ou seus componentes de fixação deformados devem ser substituídas, pois sua segurança estará comprometida.

Recomendações finais

1 – As molas pneumáticas devem ser substituídas preferencialmente aos pares.

2- Assegure-se de que as linhas de ar não tenham contato com a mola pneumática (Fole), pois o atrito entre eles pode gerar desgaste, criando furos na mesma.

3- É recomendado não trafegar com as molas pneumáticas (Fole), antes de estarem completamente cheias de ar, evitando assim seu desgaste prematuro.

4- Certifique-se quanto à aplicação e funcionamento adequado do amortecedor, pois normalmente, o mesmo limita a abertura máxima da mola pneumática (Fole), contribuindo para que não se danifique, além de contribuir para o conforto dos passageiros.